a
 Início | Minutas de Ofícios | Ramais DRE | E-Mail das Escolas | Previsão do Tempo | Busca no SiteFale com a DRE
a
a
Artigos
a


VELHOS TEMPOS, NOVOS DIAS

LEONTINO PEREIRA DE SOUSA *

I

Amigos prestem atenção
O fato que vou narrar,
Lembrar os velhos
É sofrer sem reclamar,
Autonomia é coisa boa
Pois fez muita gente mudar.


II

Houve um tempo na escola
Que estávamos a mendigar
Tudo que a escola queria
Era difícil de se encontrar,
Aquilo que se chama dinheiro
Nunca chegava por lá.


III

Diretor muito apertado
O professor a cobrar,
A lâmpada tava queimada
Não tinha como trocar,
Pois a vela do filtro
Tinha algodão no lugar.


IV

A mesa com três pernas
A velha maquina a segurar,
Bater um ofício nela
Era difícil realizar,
A fita já estava seca
Pra ler tinha que adivinhar.


V

Sou fruto desta época
Chamado Professor sofredor,
Vi muitos colegas meus
Sofrer e chorar dissabor,
Agora ao longo dos tempos
Alguns já falam de amor.


VI

A merenda vinha do Rio
Antiga capital federal,
Os ovos que se comiam
Sempre se passava mal,
O mingau era pré-cozido
Jamais vi coisa igual.


VII

Muitos não conheceram
Pois são de outra era,
Nem através de fotos
Vão revelar essa terra,
Contar a história antiga
O amor, a bela e a fera.


VIII

O passado é sempre bom
Pois dele fazemos parte,
Mas vivemos no presente
E o futuro é uma arte,
E as coisas têm de mudar
E da vida fazer parte.


IX

Mas depois de muito estudo
Chegou-se a uma solução,
O dinheiro direto na escola
Veio chegar como salvação,
Fazer da escola autônoma
E poder compartilhar a gestão.


X

Abrir uma conta no banco
Foi o que o governo mandou,
Através de uma Associação
A escola se solidificou
Passaram a gerir os fundos
Comprar; papel, grampo e grampeador


XI

Trocar a lâmpada da sala
A vela do filtro repor,
A escola mais esperta
Optou por um bebedor,
Até um vídeo cassete
O bom diretor comprou.


XII

Organizou a festinha
A escola decorou,
EVA e papel crepom
A parede forrou,
Mudou o visual
E o aluno gostou.


XIII

Trabalhar com dinheiro
Sempre foi a solução,
Esperar cair do céu
O maná não vem não,
A gestão compartilhada
Foi a nossa solução.


XIV

Só não podemos abusar
E na grana meter a mão,
Construir logo uma piscina
Com o dinheiro da gestão,
Aplicar como diz a lei
Isso sim é a solução.


XV

Com a gestão compartilhada
A coisa logo empinou,
A velha maquina de escrever
Trocaram por computador,
E o diário eletrônico
Na minha escola chegou.


XVI

A Associação de Apoio
Uma reunião convocou,
A Financeira alegre
Uma parcela chegou,
Dez DVD’s e TV’s
O CEM Cabo Aparício comprou.


XVII

A sala do futuro
A nossa Escola montou,
O acesso a internet
Em todo canto chegou,
Criou-se logo e’mail
De Porteiro ao Diretor.


XVIII

Antena de sinal digital
No telhado ficou,
Uma caixa amplificada
O recreio alegrou,
Até uma duplex nova
Aos professores chegou.


XIX

Passei a assinar cheque
Coisa de grande valor,
Sou tesoureiro do CEM
A Associação optou,
O bom nome lá na praça
O Cabo Aparício ganhou.


XX

Quando o telefone toca
Deve ser um vendedor,
O dinheiro sai na hora
Não precisa fiador,
Ponho as mãos aos céus
Agradeço ao Criador.


XXI

Como tentei mostrar
A escola do passado,
A escola do presente
Andando de lado a lado,
Comemorar é preciso
Este foi o meu recado



...dedicado ao dia “D” Escola Autônoma de Gestão Compartilhada.
 

* LEONTINO PEREIRA DE SOUSA tem 21 anos dedicados exclusivamente ao Magistério desde os tempos do Estado de Goiás época do pró-labore, atualmente é Professor de História do Centro de Ensino Médio Cabo Aparício Araújo Paz cidade de Ananás – TO.

<< Voltar

Print Friendly and PDF

Links Relacionados:

P  Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE.

a
© 2007-2018 | Diretoria Regional de Ensino de Araguaína - Av. dos Engenheiros, 337, Setor Jardim Paulista - Araguaína - TO - CEP 77809-320
a


Loading